WPO - ok

Organização Mundial de Embalagem e UNIDO assinam Memorandum of Understanding durante reunião no Rio de Janeiro

A assinatura oficial aconteceu hoje, às 14h00, durante a cerimônia de abertura do

Seminário Internacional “A contribuição da embalagem na redução de perdas e desperdício de alimentos”

 

Ontem, 7 de Novembro, às 14h00, no Hotel JW Marriott no Rio de Janeiro, a WPO (World Packaging Organization – Organização Mundial de Embalagem www.worldpackaging.org) e a UNIDO (United Nations Industrial Development Organization – Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial) assinaram um Memorandum of Understanding (MOU – Memorando de Entendimento) para uma cooperação estratégica na área de capacitação em embalagem. O objetivo, de acordo com o MOU, é “alcançar os objetivos declarados mutualmente no compromisso da UNIDO com o desenvolvimento industrial inclusivo e sustentável”.

 

O Memorando foi assinado pelo Presidente da WPO, Thomas Schneider e pelo representante da UNIDO no Brasil, Alessandro Amadio, durante a cerimônia de abertura do Seminário Internacional “A contribuição da embalagem na redução de perdas e desperdício de alimentos”. O Seminário e outras atividades são parte da semana da WPO no Brasil (07-10 Novembro) que também incluirá a Reunião do Board da WPO e o julgamento do prêmio WorldStar, o mais importante do mundo na área de embalagem. Todas as atividades estão sendo organizadas pelo membro local da WPO, ABRE (Associação Brasileira de Embalagem – www.abre.org.br).

 

Basicamente, o programa de cooperação entre a WPO e a UNIDO, abrange três áreas:

 

·      -Desenvolvimento e implementação de treinamento especializado e criação de progamas de capacitação em embalagem;

·        -criação de centros nacionais de embalagem em países em desenvolvimento para garantir diversos serviços como design de embalagem, rotulagem, revisão de termos legais de rotulagem e treinamentos em embalagem;

·       - promoção e organização de premiações para estudantes e indústrias de embalagem.

 

Este acordo tem como base a iniciativa da UNIDO no Líbano que resultou na criação do Centro de Embalagem do Líbano (Libanpack http://www.libanpack.org/) como uma entidade focada na iniciativa privada, dedicada a suportar as indústrias de embalagem locais, além de projetar o já bem sucedido Arab Starpack Contest (http://www.arabstarpack.org/) lançado em Maio de 2017.

 

 

Além do acordo com a UNIDO, a WPO já participa de outros programas internacionais, como o Save Food, uma iniciativa da FAO (Food and Agriculture Organization – Organização de Alimentos e Agricultura), braço da ONU (Nações Unidas) e Messe Düsseldorf. Institucionalmente a WPO – por meio de seus membros (associações e institutos de embalagem) – também objetiva educar profissionais de embalagem e a sociedade sobre importantes valores da embalagem. “Somos defensores da embalagem: boa embalagem, embalagem com bom custo-benefício, embalagem que contribua com a criação de uma sociedade mais sustentável. O mundo não existe sem embalagem, temos que educar as pessoas em todo o mundo a respeitar o propósito da embalagem e ensiná-las a incorporar esta ferramenta ao processo de construção de um sociedade mais sustentável,” explica o Presidente da WPO, Thomas Schneider.

 

Cerca de 20 membros da WPO, representando 16 países, estão no Rio de Janeiro para participar dos eventos. Eles votarão em 322 embalagens – de 38 países – inscritas no WorldStar Award 2018. Rio é oficialmente a última reunião de Thomas Schneider como Presidente da WPO após dois mandatos. O australiano Pierre Pienaar foi eleito Presidente da WPO em Maio, durante a Interpack 2017; ele está participando da reunião do Brazil, mas seu mandato começa, oficialmente, em Janeiro de 2018.

Fonte: Comunicação & Inteligência em Negócios

Os textos publicados neste espaço são de responsabilidade única de seus autores e podem não expressar

necessariamente a opinião do Portal.

A assinatura oficial aconteceu hoje, às 14h00, durante a cerimônia de abertura do

Seminário Internacional “A contribuição da embalagem na redução de perdas e desperdício de alimentos”

 

Novembro 2017 Hoje, 7 de Novembro, às 14h00, no Hotel JW Marriott no Rio de Janeiro, a WPO (World Packaging Organization – Organização Mundial de Embalagem www.worldpackaging.org) e a UNIDO (United Nations Industrial Development Organization – Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial) assinaram um Memorandum of Understanding (MOU – Memorando de Entendimento) para uma cooperação estratégica na área de capacitação em embalagem. O objetivo, de acordo com o MOU, é “alcançar os objetivos declarados mutualmente no compromisso da UNIDO com o desenvolvimento industrial inclusivo e sustentável”.

 

O Memorando foi assinado pelo Presidente da WPO, Thomas Schneider e pelo representante da UNIDO no Brasil, Alessandro Amadio, durante a cerimônia de abertura do Seminário Internacional “A contribuição da embalagem na redução de perdas e desperdício de alimentos”. O Seminário e outras atividades são parte da semana da WPO no Brasil (07-10 Novembro) que também incluirá a Reunião do Board da WPO e o julgamento do prêmio WorldStar, o mais importante do mundo na área de embalagem. Todas as atividades estão sendo organizadas pelo membro local da WPO, ABRE (Associação Brasileira de Embalagem – www.abre.org.br).

Contato. Rua Oscar Freire, 379 – 15º andar – Conj.152 – Cerqueira César 01426-001 – São Paulo – SP | Telefone: 11 3060-5510 / Fax: 11 3081-9201

 

 

Basicamente, o programa de cooperação entre a WPO e a UNIDO, abrange três áreas:

 

·        Desenvolvimento e implementação de treinamento especializado e criação de progamas de capacitação em embalagem;

·        criação de centros nacionais de embalagem em países em desenvolvimento para garantir diversos serviços como design de embalagem, rotulagem, revisão de termos legais de rotulagem e treinamentos em embalagem;

·        promoção e organização de premiações para estudantes e indústrias de embalagem.

 

Este acordo tem como base a iniciativa da UNIDO no Líbano que resultou na criação do Centro de Embalagem do Líbano (Libanpack http://www.libanpack.org/) como uma entidade focada na iniciativa privada, dedicada a suportar as indústrias de embalagem locais, além de projetar o já bem sucedido Arab Starpack Contest (http://www.arabstarpack.org/) lançado em Maio de 2017.

Arab Student StarPack is the first packaging contest in the Arab region to promote innovation in the domain of packaging. During the past years more than 2500 …

 

The main objective of the packaging center is to increase the competitiveness of Lebanese products on export markets through the improvement of packaging, and …

 

 

Além do acordo com a UNIDO, a WPO já participa de outros programas internacionais, como o Save Food, uma iniciativa da FAO (Food and Agriculture Organization – Organização de Alimentos e Agricultura), braço da ONU (Nações Unidas) e Messe Düsseldorf. Institucionalmente a WPO – por meio de seus membros (associações e institutos de embalagem) – também objetiva educar profissionais de embalagem e a sociedade sobre importantes valores da embalagem. “Somos defensores da embalagem: boa embalagem, embalagem com bom custo-benefício, embalagem que contribua com a criação de uma sociedade mais sustentável. O mundo não existe sem embalagem, temos que educar as pessoas em todo o mundo a respeitar o propósito da embalagem e ensiná-las a incorporar esta ferramenta ao processo de construção de um sociedade mais sustentável,” explica o Presidente da WPO, Thomas Schneider.

 

Cerca de 20 membros da WPO, representando 16 países, estão no Rio de Janeiro para participar dos eventos. Eles votarão em 322 embalagens – de 38 países – inscritas no WorldStar Award 2018. Rio é oficialmente a última reunião de Thomas Schneider como Presidente da WPO após dois mandatos. O australiano Pierre Pienaar foi eleito Presidente da WPO em Maio, durante a Interpack 2017; ele está participando da reunião do Brazil, mas seu mandato começa, oficialmente, em Janeiro de 2018.